Principais tendências no varejo nos próximos anos

Tempo de leitura: 5 minutos

Estamos passando por diversas modificações na nossa maneira de viver, de nos comunicar, e até na maneira de consumir. E consequentemente o varejo online vem passando por várias mudanças.

Antes, era necessário sair de casa para ir em busca do que estávamos precisando, fosse um produto, algo para comer, etc. Hoje temos uma infinidade de opções bem na palma da nossa mão, a um click de distância.

Nosso modo de nos comportar diante do varejo sofreu grandes modificações, e isso obriga os varejistas a se adequarem a esse novo modelo de consumo, e estar por dentro das principais tendências no varejo nos próximos anos.

De que forma nos adaptamos ao consumo durante a pandemia e quais mudanças permanecerão nos nossos hábitos

Durante a pandemia, precisamos nos adaptar para permanecer consumindo o que já era de costume, desde itens básicos, como compras de supermercado e farmácia, até aquele fast food que costumávamos comer na pizzaria, lanchonete ou no nosso restaurante preferido.

Nunca fomos tão adeptos aos serviços de entrega de comida, como Rappi, que pode te auxiliar a escolher o que pedir pois conta com uma lista com os melhores restaurantes com delivery.

E com o avanço da internet, com a automatização de tantos serviços que nos trazem praticidade e agilidade, o varejo sofreu alterações e vem sofrendo rapidamente para se adaptar a tais mudanças.

Não abriremos mão, num mundo pós-pandemia, de fazer nossa compra do mês online, de pedir um remédio através do aplicativo, de fazer pagamentos de forma facilitada, e de nos sentir seguros e confortáveis usufruindo de tais serviços e da modernidade oferecida por eles.

Quando os varejistas se adaptam a tudo isso, as chances de sucesso e aumento de lucro são enormes, então nenhum deles quer ficar de fora.

Loja física ou Online? 

Esta é uma discussão bastante pertinente para quem está inserido no mercado atualmente, e existem critérios importantes a serem avaliados na hora de tomar essa decisão.

O mais importante a se fazer antes de decidir optar por loja física ou online é conhecer seu público-alvo e suas preferências: qual a média de faixa etária, gênero, classe social, locais que frequentam, etc. Sabendo isso, sua pergunta será automaticamente respondida!

Se seu público é majoritariamente mais velho, saiba que as gerações antigas não abrem mão de visitar um espaço físico, seja pela dificuldade em lidar com a tecnologia ou por não abrir mão deste costume antigo de fazer suas compras sempre presencialmente.

Agora, se seu público é a geração Z, um público mais jovem, ele facilmente se adapta a compras online, porque essa modernidade está muito presente no seu dia a dia.

Mas para não haver erros, por que não optar pelos dois? Uma das principais tendências no varejo nos próximos anos será a digitalização dos negócios.

A Era Digital e como isso pode atrair clientes para meu negócio

Durante a pandemia, o varejo online sofreu uma grande aceleração e crescimento e, consequentemente, aumentou a concorrência para quem já estava instalado no mundo virtual.

Vendo seus comércios com proibição ou restrição de abertura, muitos varejistas migraram para o digital, de forma a manter sua rentabilidade e não deixar seus clientes desamparados.

O fato é que quem oferece uma boa experiência de compra online terá muito sucesso daqui em diante, pois todas as principais tendências no varejo nos próximos anos estão vinculadas ao que é digital.

Uma nova forma de pagamento

Esse foi mais um ponto acelerado durante a pandemia. Com os meios de pagamento online facilitados, muitas pessoas não desistem das compras. E com a chegada do PIX, tudo se tornou mais prático.

Um meio de pagamento instantâneo, que pode ser feito de qualquer banco para qualquer banco automaticamente, a qualquer hora e em qualquer dia, em qualquer lugar.

Se tornou vigente de forma integral no dia 16 de outubro de 2020, trazendo um pouco de insegurança num primeiro momento, mas já ganhou os corações de muitos brasileiros.

Uma estratégia bastante difundida entre os varejistas é oferecer um pequeno desconto aos clientes que fizerem o pagamento utilizando essa ferramenta.

Pois diferente do pagamento feito através das maquininhas de cartões de crédito e débito, no pagamento via PIX o varejista não perde em taxas, e nem o cliente, afinal as transferências via PIX são gratuitas.

Marketing Digital está entre as principais tendências do varejo online nos próximos anos

Não há mais pra onde correr: os varejistas que não se adaptarem aos meios digitais de difundir seus negócios inevitavelmente ficarão para trás.

Depois de criar seu e-commerce, investir numa loja online e facilitar os meios de pagamento, muitas marcas têm investido também na divulgação de seus negócios através das redes sociais.

Visto que o brasileiro passa em média 3 horas por dia no Instagram, por exemplo, investir em marketing digital não é um erro, pelo contrário, pode e tem tudo pra dar muito certo!

Os varejistas procuram influenciadores digitais que tenham um perfil parecido com o de seu público-alvo, enviam seus produtos de forma gratuita e oferecem uma porcentagem nas vendas feitas através da publicidade, assim, ambas as partes saem ganhando.

E, vamos combinar, é uma forma de publicidade que dá muito certo!

Então, se você é um varejista, esteja atento às principais tendências no varejo nos próximos anos apontadas neste artigo, faça uso dela e veja seu negócio crescer!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *